Arquivo da tag: Sephora

Chegou há pouco tempo o batons que comprei na Brigette’s Boutique e, como são quatro, resolvi resenhar todos em um post só. Abaixo eu falo sobre os batons MAC Lustre Lipstick (“Most Popular“), Lâncome Le Rouge Absolu Lipstick (“Pink Organza“), Sephora Lips Pencil (“RoseWood 400“) – que na verdade é um lápis, mas pode ser usado como batom -, e Loreal Volume Perfect Lipcolour (“Bronze Boost 800“).

MAC – Most Popular

(5/5)

Começo pelo da MAC, Most Popular. É preciso dizer? Perfeito! Cor linda, textura cremosa – afinal, os batons da linha Lustre tem esta função -, e dura bastante nos lábios. É um pink com um tom leve de roxo. É como a cor que aparece nas fotos abaixo neste post, mesmo. Muito cremoso, nem é preciso aplicar gloss a boca ficar mais bonita. O chiero é bem agradável e muito suave, logo depois de aplicado você esquece dele.


Na segunda foto, gloss aplicado por cima da cor.

Lâncome – Pink Organza

(4/5)

O da Lâncome, Pink Organza, podemos definir como um tom de boca com pouco de cintilante. É bem bonito! E bem cremoso também. Só achei que poderia ser mais pigmentado… Mas essa é a linha mais barata de batom Lâncome vendida na Brigette’s Boutique, então não precisa ser necessariamente um produto perfeito. O cheiro pode incomodar, porque apesar de não ser ruim, é bem forte. Na verdade, tem cheiro daquelas bonecas com cheiro – pelo menos as bonecas da minha época tinham cheiro como esse! Eu enjoei depois de um tempo com ele por este motivo.


Na segunda foto, gloss aplicado por cima da cor.

Sephora – Rosewood 400

(3/5)

O Sephora, Rosewood 400, é um lápis que é definido também como um batom. O meu receio de comprar um produto com duas funções é não dar certo para nenhuma das duas. O caso quase esse… Para ser um batom, é muito seco. Tanto que deixou as pelinhas secas de minha boca ressaltadas. Como lápis, pode ser usado mais tranquilamente. É um tanto cremoso para a função lápis, por isso serve como base para batons.

O porém da função lápis é a cor meio metálica dele. Aliás, a cor não me agradou, pois é bem diferente da mostrada ao fim do lápis. Fica um rosa com de tom lilás, e marrom de fundo, bem metálico. Já o cheiro, é de lápis de madeira – depois de aplicado, você nem sente mais. Ótimo como lápis ou, no máximo, como batom apenas se acompanhado de um gloss para a boca não ficar seca.


Na segunda foto, gloss aplicado por cima da cor.

Loreal – Bronze Boost 800

(2.5/5)

Por fim o Loreal, Bronze Boost 800, que até essta postagem está em liquidação na Brigette’s. Comprei para ver se o preço contradizia a qualidade do produto, e percebi quando testei que o preço pago teve bem a ver com q qualidade. Pelo menos nesta cor… A cor é um bronze amarelado, cintilante, mas pouco pigmentada. A textura é um pouco cremosa, não chega a ressecar os lábios. Para o meu tom de pele (claro), não deu certo.

O lado positivo é que na outra ponta do produto vem uma base para lábios, tipo um primer – para ser aplicada antes do batom. Depois é esperar um minuto e aplicar a cor. O resultado ficou melhor mesmo, mas ainda prefiro o meu Nivea Hydro Care nesta função, porque é bem mais hidratante. O cheiro do batom não desagrada, mas também pode ser enjoativo como o da Lâncome. É parecido com cheiro frutal, meio doce. O cheiro da base não tem fragrância a não ser o da química usada nele mesmo, parecido com fragrância de manteiga de cacau. As outras cores podem ser mais bonitas, para quem quiser arriscar pelo preço…


Na segunda foto, gloss aplicado por cima da cor.