Muito se fala em alimentação balanceada e saudável, que supra todas as necessidades e cada vez mais aumenta o incentivo para que a população aumente o consumo de frutas, verduras e legumes. Uma alimentação rica nesses grupos de alimentos garante uma boa qualidade de vida. Porém, você já parou para pensar na quantidade de agrotóxicos que ingere todos os dias, no consumo diário desses alimentos?

Os alimentos orgânicos vieram para mudar as nossas vidas, tornar nosso dia a dia mais saudável e longe dos agrotóxicos. Os orgânicos são aqueles que utilizam, em todos seus processos de produção, técnicas que respeitam o meio ambiente – pois sem o uso de agrotóxicos o solo fica livre de qualquer agressão química -, e visam a qualidade do alimento. Desta forma, não são usados agrotóxicos nem qualquer outro tipo de produto que possa vir a causar algum dano à saúde dos consumidores.


Vantagens

A grande vantagem dos alimentos orgânicos é que eles são mais ricos em nutrientes, uma vez que a terra utilizada no seu cultivo é fértil e natural e não há nenhuma interferência de substâncias químicas no processo.

Tem o sabor melhor, devido à ausência de pesticidas. Nas frutas, por exemplo, a concentração de frutose é maior, deixando-as mais doces.

Não causam mal algum ao meio ambiente, favorecendo assim vida ao solo onde é plantado.

Hoje em dia é possível encontrar verduras, legumes, frutas, óleos, carnes, ovos, e até cervejas e vinhos orgânicos.

Estudos revelaram que os orgânicos apresentaram em média 63% a mais de cálcio, 73% a mais de ferro, 118% a mais de magnésio, 178% a mais de molibdênio, 91% a mais de fósforo, 125% a mais de potássio e 60% a mais de zinco.

Quanto aos orgânicos de origem animal – carnes e laticínios -, a principal vantagem é que eles não contem resíduos de produtos químicos, devido à alimentação orgânica dos animais. No cultivo, estão proibidos agrotóxicos sintéticos, adubos químicos e sementes transgênicas.

Um fator importante é a não utilização de ceras para dar brilho às frutas, que não deixam de ser tóxicos.

Assim, o cardápio diário pode e deve ser totalmente orgânico. Entre os inúmeros benefícios da alimentação orgânica, está o processo de purificação do organismo que ela proporciona. Essa desintoxicação leva a uma melhora de problemas hepáticos e gastrointestinais, os mais comuns gerados pelas químicas e outras substâncias artificiais contidas nos alimentos normais.

Desvantagens

Existem duas “desvantagens”, que são o preço e a aparência.

Apesar de ainda custarem mais caro que os alimentos convencionais, a tendência é que o preço dos orgânicos abaixe, uma vez que a produção e o consumo vêm aumentando.

E a aparência desses alimentos não são tão boas quanto os alimentos convencionais, devido à cultivação ser de forma natural, e geralmente os alimentos tendem a serem menores, com cores menos chamativas. As cascas podem apresentar manchas devido aos ataques de insetos.

Onde encontrar

É facilmente encontrado em lojas de alimentos naturais e em grandes redes de supermercados.

Como saber se um alimento é orgânico

Se você tem a intenção de começar a consumir esses alimentos, procure sempre pelo selo de qualidade, emitido por certificadoras reconhecidas pelo Ministério da Agricultura. Entidades como a Associação de Agricultura Orgânica (AAO), o Instituto Biodinâmico (IBD), presentes no Brasil, são as que avaliam se a produção do alimento segue os critérios estabelecidos pela agricultura orgânica. E para ganhar o selo, os produtores seguem várias precauções e têm suas lavouras fiscalizadas de seis em seis meses. A presença do selo garante, portanto, a procedência e a qualidade dos produtos.

A garantia da qualidade do produto, tanto da certificação, quanto da qualidade em si do produto orgânico, é de grande valor para a saúde do ser humano – além de trazer inúmeros benefícios para a sociedade através da conservação do meio ambiente. Pequenas atitudes podem melhorar cada vez mais nossa qualidade de vida.

email
Daniela Azanha
Daniela Azanha
Graduada em Nutrição pela Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep), atua na área de nutrição e dietoterapia, especialmente nas áreas de nutrição esportiva e nutrição funcional. Escreve todas as segundas-feiras para o Mulherando. Visite também o blog Daniela Azanha para ler mais posts sobre nutrição.

Saiba mais...

  • Elaine Specialcook

    Boa noite a todos !
    Gostaria de agradescer primeiramente por esta materia, alem de rica em informacoes necessarias a pessoas como nos , que somos interessadas em alimentos organicos, por deixar claro quais vantegans e devantegens sobre os mesmos …….. o tema geral de minha monografia de gastronomia sera os alimentos organicos…………  obrigada …
    ….. att. elaine

  • Florodara

    nossa muito show o seu site ta foda adooooooorei prostigariranha

  • Milena

    Amei o site usei para a minha pesquisa da escola!

  • Elainy

    amei suas postagens. foi-me muito útil ;)

  • Melissa

    Gostei muito me ajudou bastante, a comprar meus alimentos!!!!!!!!?

  • Olívia

    Consumimos orgânicos a quase um ano. Desde hortaliças até ovos, grãos, açúcar, sal… Toda semana recebo em minha casa, através de Delivery (Viverde Orgânico). Isso ajudou muito a manter a continuidade da proposta de comer orgânicos.
    Hoje, minha maior dificuldade é em encontrar carnes orgânicas (certificada).
    Ah, hoje também tenho outra dificuldade, que é alimentar meus filhos fora de casa, pois dizem que a cenoura, beterraba, alface, tomate… não é gostoso!
    Realmente, o sabor é incontestável!
    Parabéns pela matéria e sugiro mais posts sobre o assunto.
    Forte abraço,
    Olívia