Arquivos da categoria: Moda

Parece que não é só a cor camel que vai invadir os armários nesse outono/inverno… Mas roupas com estilo ou estampas vintage (ou retrô) parecem ser uma boa pedida para esse ano.

Passeando pelas lojas e pelos sites, percebi que essa tendência está em evidência nas novas coleções. Depois constatei nas descrições das coleções que essa foi mesmo a intenção.

Cortes menos ousados, mais elegantes, e uma pitada romântica. Peças mais compridas, tricô, renda… Além das estampas xadrez, floral, ou mesmo cores mais sóbrias como tons de marrom. Até o militar, que também está em alta, remete às épocas mais conservadoras.

Particularmente, amo! Adoro tudo que lembra a época em que as pessoas eram elegantes e românticas. Pelo menos no meu armário, já há algumas peças com esses estilos…

Veja a seguir as coleções das lojas de departamento que estão apostando nessa tendência para o friozinho do Brasil neste ano.

Riachuelo

A Riachuelo é a que mais pareceu investir nessa tendência. A marca diz, na descrição da nova coleção, que se inspirou nos anos 50 e 70, focando a antiga cultura inglesa de vestimentas.

Ela tem quatro linhas da coleção de outono/inverno que levam o nome “Anne Kanner“, seguido do estilo de cada linha. Tem a Urban, Casual, Classic (a mais retrô) e a Gestante. Nas três primeiras citadas há peças que têm características vintage.

Abaixo estão algumas peças.





Renner

A Renner também lançou várias peças com esses estilos. A campanha da marca, aliás, diz que a inspiração foi as décadas de 50 a 80.

Abaixo um apanhado de algumas peças que estão no site.



C&A

A C&A também lançou para a esta e a próxima estação algumas peças retrô ou românticas.




Essas são as lojas de departamento, populares, que eu lembrei e coloquei aqui e sei que estão com peças retrô. (Na Marisa não encontrei peças com esses estilos.)

Se tiver sugestões de mais lojas que estejam com coleções parecidas, compartilhe nos comentários! 🙂

Li neste post, do blog aniedrops.com, sobre o blog em inglês New Dress A Day. Achei tão curioso e criativo que resolvi compatilhar com as minhas leitoras também.

A dona do blog, Marisa, é uma americana de Los Angeles (CA) que um dia resolveu que não compraria mais roupas novas em um ano e gastaria nesses 365 dias, apenas um dólar por dia com roupa. Como? Ela compra em brechós e em vendas de quintal (comum nos Estados Unidos) roupas antigas e largas e as adapta à ela, refazendo oa modelagem das peças em sua máquina de costura. A Marisa faz outro modelo de roupa com os tecidos da roupa comprada, ou mesmo a tinge de outra cor, para também “atualizar” a vestimenta antiga. Na verdade teve alguns modelos que ela refez que não gostei muito, mas a maioria fica muito legal!

Ela mesma descreve: “365 dias. 365 itens de roupas. 365 dólares. E a blogagem começa…”. Ela começou no dia 27 de novembro do ano passado e, por isso, vai até novembro deste ano.

O “antes e depois” de 10 peças refeitas que achei bacanas:

Continue lendo

22/06/2010 | Por Viviam Santos | Moda | ,

Quantas vezes você acertou no sutiã? Aliás, você pode ter nunca acertado… Se a faixa do seu sutiã sobe nas costas, as alças precisam ser sempre ajustadas durante o uso, os seios ficam sobrando para cima ou para os lados, ou o bojo fica largo nos seios… Está usando um sutiã que não é do seu tamanho. Eu vou tentar ajudar você a achar o sutiã com este post!

Quando o sutiã não está de acordo com o seu tamanho, causa desconforto e pode ocasionar até dores e problemas de coluna. Além disso, qual vestimenta fica bonita no topo do corpo se o sutiã está errado? Sutiã tem que sustentar, valorizar e dar conforto também. Não use um tamanho menor se quer que ele levante: tem modelos certos para levantar sem que você diminua o número.

Para acertar, temos que saber algumas medidas para, então, escolher o número e letra corretos. Tal letra é a que define o tamanho da copa dos seios – o bojo. Pode ser A (seios menores que as costas), B (proporcional às costas), C (seios um tamanho maior que as costas), D (dois tamanhos maiores) ou DD (três tamanhos maiores). Ou seja, o tamanho das costas é definido pelo número!

A maioria das marcas de sutiã no Brasil fabricam a copa no tamanho B, quando a faixa das costas e o bojo tem a mesma proporção – a maioria das marcas brasileiras infelizmente não definem os sutiãs por letras, além dos números. Às vezes, ainda, cada modelo de sutiã de uma só marca segue um tamanho diferenciado. O que é péssimo para nós, que vamos comprar e ter que usar o que acharmos. Porém, há algumas marcas já investindo nesse modelo de fabricação, como é o caso da Liz.

Ela lançou recentemente a linha Fit Sense, que leva a sério estas medidas. Eu comprei um sutiã desta linha e é o melhor que vesti até hoje! Antes eu ficava economizando em sutiã; vi que estava errada. Paguei mais caro, sim, mas agora só quero usar ele pelo conforto que sinto quando uso ele.

O sutiã que leva a sério esta ideia de número e letra é mais caro que aqueles encontrados em muitas lojas de confecção própria, mas temos que investir nesta vestimenta porque é horrível usar algo que incomoda ou não sirva corretamente – estragando o visual de tudo o que você vai vestir depois. O preço que temos que pagar é pelo conforto e resultado. Então, invista! Você verá que vale a pena.

Tabelas para escolher o certo!

Com a fita métrica, meça em centímetros abaixo do busto (tórax) e o busto, bem em cima dos mamilos. A fita deve estar reta até as costas. Para medir o tórax, fique com os braços para baixo, relaxados. Vejam na imagem os pontos a serem medidos:


A Medida 2 define, a partir da tabela abaixo, o número do seu sutiã.


Agora, para saber a letra que define o bojo…

Se a Medida 2 é impar, some 12,5 centímetros. Caso seja par, some 10.

Substraia o resultado dado acima com a Medida 1.


Pronto! Você tem agora o número e a letra do seu sutiã. Se quiser saber a sua medida internacional, entre neste site e use as medidas na tabela que calcula automaticamente por meio também do método acima.

Para não restar dúvida, vá a uma loja e prove um sutiã da marca que tenha a opção de escolher também o tamanho do bojo. Experimente o tamanho calculado e veja se deu certo! Ele não deve apertar, subir nas costas, nem ficar largo. Veja neste link as proporções e tamanhos de sutiãs de algumas marcas brasileiras.

Lembre-se também que a sustentação deve ser pela faixa das costas, e não pela alça. Então, se o sutiã está apertado ou largo no local da faixa, não adianta ajustar a alça para subir ou descer! É o tamanho das costas que está errado.

Lembre-se que a perda ou ganho de peso, bem como a idade avançando – com a bendita da gravidade atuando -, ganhamos ou perdemos medidas. Portanto, é preciso calcular o tamanho certo de sutiã pelo menos uma vez por ano ou quando você perceber que mudou o número do manequim em outras peças.

Se tentar, fale aqui nos comentários! 😉

Fontes: Liz e Being Girl.

Página 2 de 3123